Não pensar seria a melhor opção



Não sei, mas queria. Queria o quê? Queria poder não pensar, sabem quando aquele tal poeta português que por acaso hoje em dia é um ícone, sim esse mesmo o senhor Fernando Pessoa, o poeta do ser imaginário, ele também não queria pensar e eu estou como ele, não pensar será a melhor opção, mas infelizmente isso é impossível.  Queria puder acordar e sorrir e não desejar nunca ter nascido. Queria ter um amigo. Queria ter alguém que não se importasse de me aturar, é deveras o que me falta. Eu falo sozinho, eu faço isso constantemente, porque eu não tenho ninguém para falar. Eu gostava até de matar-me, como diz o fado “ Medo” da diva Amália. Não quero nem saber mais. Talvez seja o problema do pensamento, se não pensasse era tão mais feliz. Ao não pensar eu não me iria preocupar se as pessoas estão a ser verdadeiras comigo, ao não pensar eu era mais feliz porque não me preocupava com os outros. Talvez pensar demasiado nos outros e não me concentrar em mim seja o problema ou é esse ou então o meu eterno problema exegir demasiado de mim, este último deixa uma pessoa tanto fisicamente tanto psicologicamente cansada e devastada. É assim que me sinto cansado sem motivação, sem forças, acordar só por acordar para cumprir tudo aquilo a que estou obrigado a fazer, andar aí de cara contente para não ter de contar a ninguém o que verdadeiramente sinto esconder os sentimentos para que ninguém os consiga decifrar. 


Rui

Instagram